.

11 janeiro 2010

O tempo vive


O tempo vive, quando os homens, nele,
se esquecem de si mesmos,
ficando, embora, a contemplar o estreme
reduto de estar sendo.
O tempo vive a refrescar a sede
dos animais e do vento,
quando a estrutura estremece
a dura escuridão que, desde dentro,
irrompe. E fica com o uivo agreste
espantando o seu estrondo de silêncio.

Fernando Echevarría, in "Sobre os Mortos"

2 comentários:

Hugo de Macedo disse...

Texto e foto 5 estrelas, Andreia.

Beijinho.

aa disse...

Olá Andreia,
gostei imenso deste texto... acompanhado de uma exelente foto!
Uma foto muito original e criativa...
Beijinhos,
AA

Related Posts with Thumbnails