.

05 dezembro 2010

Fúria nas trevas o vento



Fúria nas trevas o vento
Num grande som de alongar.
Não há no meu pensamento
Senão não poder parar.

Parece que a alma tem
Treva onde sopre a crescer
Uma loucura que vem
De querer compreender.

Raiva nas trevas o vento
Sem se poder libertar.
Estou preso ao meu pensamento
Como o vento preso ao ar.

Fernando Pessoa

3 comentários:

ruimnm disse...

gosto muito desta imagem a ilustrar as palavras de Pessoa.

Parabéns.

Hugo de Macedo disse...

Está "assustadora", esta foto. Ficou excelente, e o poema de Pessoa a acompanhar, traz-lhe ainda mais valor.

Beijinho:)

Um pouco de tudo disse...

Lindo (como sempre).

Related Posts with Thumbnails